A tabuada vem sendo trabalhada nas escolas de um modo tal que não surte o efeito esperado: Os alunos têm muita dificuldade em abstrair este conteúdo, uma vez que lhe são estipulados 100 números a serem decorados/memorizados, o que acaba por surtir como efeito o sentimento de impotência frente a tantos algarismos.

Uma alternativa é que o próprio aluno construa a tabuada antes mesmo de decorá-la para isso será inserido pinos no Multiplano em forma de linhas e colunas, a partir da contagem fará a anotação do resultado. Quanto mais simplificada a tabuada se tornar para o aluno, mais fácil será o seu reconhecimento enquanto conhecimento cotidiano, e conseqüentemente, mais facilitado também será o seu processo de abstração.

Sendo assim, propõe-se que seja mostrado aos educandos somente a quantidade necessária de números dos quais ele precisa saber, sem que sejam repetidas situações similares, as quais, para serem resolvidas, basta aplicar a propriedade matemática da comutação (a ordem dos fatores não altera o produto final). Por exemplo: 2×3 é igual a 3×2. Veja a seguir.

tabuada-001
2 x 3 = 6
tabuada-002
3 x 2 = 6
Tabuada

Deixe uma resposta