Na construção de parábolas, primeiro, calcula-se as raízes se por ventura existirem, em seguida atribui o valor para “x” todos os valores entre as raízes, além de um valor menor que a raiz situada a esquerda e um valor maior que a raiz a direita. Assim para a curva y = x2 – 4, temos as raízes -2 e 2 vamos atribuir para “x” os valores -1, 0, 1, e os extremos mais próximos das raízes, -3 e 3. Após a escolha dos valores de “x” vamos substituir na equação y = x2 – 4 para encontrar os valores de “y” (-3,5), (-2,0),(-1,-3), (0,-4),(1,-3), (2,0),(3,5). Marcando esses pontos no plano cartesiano temos a parábola:

parábolas 001
Parábola de y = x2 – 4

parábolas 002
Parábola de y = -x2 +4x

parábolas 003
Parábola de y = -x2 – 6x – 9

parábolas 004
Gráfico de y = |x2 – x – 6|

Parábolas

Deixe uma resposta