As atividades matemáticas que englobam construção de gráficos e todas as suas implicações são possíveis de serem realizadas no Multiplano. As retas do plano cartesiano que representam os eixos “x” e “y” estão em relevo. Para facilitar a visualização, pode-se fixar pinos nos extremos de cada reta: Um deles precisa estar disposto horizontalmente (eixo x) e o outro, na mediatriz da abscissa, disposto verticalmente (eixo y). Delimitados os eixos, por conseqüência direta, o plano fica dividido em quatro quadrantes, exemplificado a seguir, o que possibilita diversas análises do conteúdo:

plano cartesiano 001
Plano cartesiano montado no Multiplano (eixos x e y)

Localização dos pontos cartesianos

Para localizar um ponto nesse plano, por exemplo, o par ordenado (8, 6), ou seja, “8” para “x” e “6” para “y”, o aluno, em primeiro lugar, precisa localizar o ponto de origem (0,0), situado na intersecção das retas que representam os eixos. Então, basta que deslize seus dedos sobre os elásticos em consonância com o número respectivo do par ordenado. Assim, para o par (8, 6), desliza oito pontos à direita (eixo x) e seis furos acima (eixo y). Para finalizar, basta que vá deslizando os dedos, respeitando o quadrante, até que os mesmos se encontrem. Pronto, esse encontro simboliza o par ordenado, daí é só marcá-lo com um pino. Para facilitar esse processo pode utilizar pinos quando localizar os pontos sobre os eixos principais, para depois procurar a intersecção dos mesmos. A observação do uso do material por deficientes visuais resultou na constatação de que o aluno adquire prática com uma facilidade incrível e, em pouco tempo, a abstração já se torna realidade.

plano cartesiano 002
Pontos do plano: (8,6); (2,4); (-5,7); (-4,-4); (5,-5).

Plano cartesiano

Deixe uma resposta